Assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

O QUE FAZER NO JALAPÃO: Organize seu roteiro por cidade!

Como vocês devem imaginar, conhecer as atrações do Parque Estadual do Jalapão não é tarefa fácil. Programar uma viagem para essa região requer pesquisa e estratégia.

Cada quilômetro percorrido deve ser analisado previamente para que façamos as melhores escolhas em relação a hospedagem e pernoite, pois não estamos falando de um local de fácil circulação.

o que fazer no jalapao

O melhor trecho da estrada durante a expedição foi entre Novo Acordo e São Félix. Depois disso, muitos buracos e desníveis | Foto: Cris Andrade

A região é apaixonante mas, como dizem por lá,  ‘o Jalapão é bruto‘. Então, organizar sua expedição levando em conta a distância dos pontos turísticos de cada cidade base vai permitir otimizar sua estada. Afinal, queremos passar mais tempo nas atrações e não chacoalhando dentro de um 4×4, não é mesmo?

Como o roteiro pelo Jalapão forma praticamente um círculo, os percursos mais inteligentes são a partir de Novo Acordo até Ponte Alta (na sequência que apresento abaixo) ou no sentido contrário, a partir de de Ponte Alta, em direção a Novo Acordo.  

o que fazer no jalapao

Imagem para salvar no Pinterest!


#1 NOVO ACORDO

A 116 km da capital, Novo Acordo é o município mais próximo de Palmas e, por conta disso, muita gente escolhe começar a expedição por lá. Essa foi a nossa escolha e já adianto que entramos com o pé direito.

Em Novo Acordo você não pode deixar de conhecer:

Rio do Sono |

o que fazer no jalapao

Rio do Sono visto do mirante do Bar da Pedra | Foto: Cris Andrade

Praia do Borges |

o que fazer no jalapao

Praia do Borges e a pedra suspensa | Foto: Cris Andrade

Morro do Gorgulho |

o que fazer no jalapao

Também conhecido como Morro Vermelho, o Morro do Gorgulho é um conjunto de formações rochosas  | Foto: Cris Andrade


#2 SÃO FÉLIX DO TOCANTINS

São Félix possui aproximadamente 1400 habitantes. É o ponto mais central do Jalapão e fica a pouco mais de 260 km de Palmas. É lá que está  o Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono (MONACC), primeira unidade de conservação municipal de proteção integral.

O que você não pode deixar de ver por lá:

Serra da Catedral |

o que fazer no jalapao

Serra da Catedral no trajeto Novo Acordo/São Félix | Foto: Cris Andrade

Fervedouro Bela Vista e Fervedouro do Alecrim |

cidades base do jalapao

Fervedouro Bela Vista | Foto: Cris Andrade

Ainda é possível visitar no município as praias do Alecrim, Rica, de Arapuá, além da cachoeira Jalapinha.


#3 MATEIROS

A pouco mais de 300km da capital Palmas, Mateiros é a principal cidade base para conhecer o Jalapão. Pacata durante o dia, nos surpreendeu durante a noite. A rua principal fica uma festa nos dois principais barzinhos da cidade.

cidades base do jalapao

Centro de Mateiros às 6h da manhã | Foto: Cris Andrade

Então, para quem tem pouco tempo (3 ou 4 dias), vale a pena fazer base por lá para curtir as atrações da região, que são: 

Cachoeira do Formiga e Fervedouro Buritizinho | 

cidades base do jalapao

Cachoeira da Formiga, simplesmente perfeita! | Foto: Cris Andrade

Comunidade Mumbuca e Fervedouro Ceiça | 

cidades base do jalapao

cidades base do jalapao

Peças de Capim Dourado produzidas pelas mulheres da associação da comunidade | Foto: Cris Andrade

Cachoeira da Velha |

cidades base do jalapao

A força da água impressiona! | Foto: Cris Andrade

Fervedouro Buritis e Cachoeira do Salto |

cidades base do jalapao

O fervedouro Buritis é o que possui coloração mais bonita e o mais procurado pelos turistas | Foto: Cris Andrade

cidades base do jalapao

A Cachoeira do Salto fica na mesma propriedade onde está o fervedouro do Buritis. Vale alternar o banho pra curtir o contraste de temperatura | Foto: Cris Andrade

Dunas do Jalapão |

cidades base do jalapao

Um dos lugares mais especiais que já visitamos! O pôr do sol visto daqui vai ficar por muito tempo na sua lembrança | Foto: Cris Andrade

Serra do Espírito Santo |

cidades base do jalapao

Uma escalaminhada difícil mas compensada pelo nascer do sol visto lá do topo. Acordamos de madrugada, suamos, cansamos mas valeu demais!  | Foto: Cris Andrade

Prainha do Rio Novo |

cidades base do jalapao

Um piquenique na prainha é uma excelente pedida! O banho nesse rio é renovador! | Foto: Cris Andrade

Encontro das Águas e Fervedouro Encontro das Águas |

cidades base do jalapao

Fervedouro Encontro das Águas, um dos mais ‘fortes’ que visitamos. Aqui você flutua em qualquer ponto e a areia é quase um pó brilhante | Foto: Cris Andrade


#4 PONTE ALTA DO TOCANTINS

A cidade de Ponte Alta fica a pouco mais de 150km de Palmas. Embora um pouco mais distante se compararmos com Novo Acordo, tornou-se a principal opção de entrada no Jalapão porque o acesso até essa cidade é asfaltado, o que agiliza a viagem de ida.  

É lá que você vai encontrar o intrigante Cânion Sussuapara e o bloco arenítico que formou a famosa Pedra Furada.

Cânion Sussuapara |

Cânion Sussuapara | Foto: Flávio André – MTUR

Ponte de madeira da cidade de Ponte Alta |

cidades base do jalapao

| Foto: Cris Andrade

Pedra Furada |

Pedra Furada | Foto: Flávio André – MTUR

Essas dicas e referências das principais cidades base do Jalapão vão ajudá-lo a organizar sua viagem e otimizar o tempo que, no Jalapão, vale ouro!

Abaixo deixo um mapinha pra vocês terem ideia do percurso!Beijocas e simbora pro Jalapão!

mapa do jalapao

| Foto: Cris Andrade


+ DICAS DO TOCANTINS


+ DICAS DO JALAPÃO


ONDE FICAR EM PALMAS E NO JALAPÃO 

Em Palmas, ficamos hospedados no Mac Hotel e no Zii Hotel (atusl Ibis Styles Palmas) e gostamos do serviço de ambos. Veja aqui como foi nossa experiência nas duas unidades.

Já no Jalapão, ficamos hospedados em Mateiros, na Pousada Jalapão, instalações simples mas tudo muito limpo e comida caseira de primeira. Mas, se quer buscar outras opções, pesquise no site do Booking.

Utilize a caixa de pesquisa abaixo, coloque a data da sua viagem e faça uma simulação para encontrar outras opções e comparar os preços!

JALAPÃO POR CONTA PRÓPRIA 

Pretende fazer essa viagem por conta própria? É importantíssimo que você tenha um guia, sobretudo se é sua primeira vez na região. E, mesmo que tenha carro, sugerimos que alugue um 4×4. Só ele pra aguentar, de verdade, os trancos das estradas de chão do Jalapão. 

Rentcars, oferece o serviço, com o bônus de não ter IOF e ainda dividir em 12x. E, pagando no boleto ainda tem desconto. Faça uma cotação aqui ou usa o quadro abaixo para ter ideia dos valores e opções.



Encontre a gente nas redes
FACEBOOK | INSTAGRAM
PINTEREST | TWITTER

melhores passeios do jalapao


Foto capa | Cris Andrade
signature
30 Comentários
  • Angela C S Anna
    maio 28, 2020

    jalapão é um destino impressionante ne! quero muito fazer, o máximo que cheguei pertinho foi nas Serras Gerais, cheias de cachoeiras e menos conhecida. dá até pra combinar os dois, mas haja bunda pra aguentar essas estradas pesadas haueahe

  • Michele da Costa
    maio 15, 2020

    Que lindo esse lugar, Cris! Já tinha visto fotos do Jalapão, mas essas, com esse roteiro bacana ainda.. fechou! Obrigado!

  • Leo Vidal
    maio 14, 2020

    Meu sonho conhecer o Jalapão. Quantos dias você recomenda para ficar por lá e conseguir fazer todas essas dicas de o que fazer no Jalapão?

    • Viajante Comum
      agosto 26, 2020

      5 dias inteiros para curtir o Jalapão com uma mínima calma, pois os deslocamentos são enormes.

  • rosa maria drey
    janeiro 20, 2019

    Ola Viajante Comum
    Eu e meu esposo estamos indo pra Palmas/Jalapão agora em fevereiro, tuas dicas foram fundamentais, adorei o mapinha. Duvidas, saímos de Palmas numa segunda, e iniciaremos por Acordo Novo conforme indicado, posso reservar uma pousada em São felix ou Mateiros e ir e vir em cada ponto /pousada??? ou devemos reservar pousadas distintas??? quantos dias tu suger???? vamos fazer por conta, estaremos com carro locado.

    • Viajante Comum
      janeiro 22, 2019

      Eu faria assim: Sairia de Palmas e fixaria base em Ponte Alta do Tocantins para conhecer as Cachoeiras (Do Soninho e da Fumaça, Pedra Furada e Cânion). Terminando, partiria para fixar base em Mateiros para conhecer as dunas, cachoeira do Formiga, comunidade Mumbuca e vários fervedouros. E, no dia de ir embora, seguiria na direção de São Félix do Tocantins passando pela Cachoeira da Prata, da Velha e algum outro fervedouro. Vocês estão indo sem guia? A comunicação por lá não é das melhores, gps on line nem pensar e as vias não possuem sinalização. Certifiquem-se de tomar todas as precauções, sobretudo em relação à combustível. Vocês vão amar o Jalapão!!

      • Emilia
        maio 13, 2020

        Adorei a dicas de como ajustar o roteiro de acordo com as cidades e atrações! E quanta belezura viu!

  • rosa maria drey
    janeiro 20, 2019

    Ola Viajante Comum
    Eu e meu esposo estamos indo pra Palmas/Jalapão agora em fevereiro, tuas dicas foram fundamentais, adorei o mapinha. Duvidas, saímos de Palmas numa segunda, e iniciaremos por Acordo Novo conforme indicado, posso reservar uma pousada em São felix ou Mateiros e ir e vir em cada ponto /pousada??? ou devemos reservar pousadas distintas??? quantos dias tu suger???? vamos fazer por conta, estaremos com carro locado.

    Muito obrigada

    • Viajante Comum
      janeiro 22, 2019

      Ah! No mínimo 5 dias inteiros! Menos que isso fica corrido. Quanto à hospedagem, respondi no seu outro comentário! Abração e boa viagem!

  • Luis Bogiano
    julho 31, 2018

    Parabéns pelo blog!!! Muito completo e explicativo. Eu pretendo ir com meu pai e dois irmãos em carro próprio 4 X 4. Terei apenas 3 dias e pelo que vi, a cidade que mais concentra atrações é Mateiros. Gostei da sugestão de hotel e gostaria de saber se você tem algum guia para indicar.

    Grato,

    Luís Bogiano.

  • Edson Amorina Jr
    outubro 17, 2017

    Oi Cris, que coincidência! A gente acabou de falar que na próxima ida ao Brasil vamos fazer um roteiro incluindo o Jalapão. Que lugar lindo, adorei o post.

  • Viajar pela história - Catarina Leonardo
    outubro 17, 2017

    Que sitio bem giro para ir passear. Já estive no Brasil algumas vezes mas nunca no interior. Tenho de ir!

  • Eloah Cristina
    outubro 15, 2017

    Faz tempo que tenho vontade de conhecer o Jalapão, mas ainda não consegui programar uma viagem para lá. Adorei suas dicas, e as fotografias estão lindas.

  • Paola
    outubro 14, 2017

    Sempre fui louca pra conseguir ir ao Jalapão mas ainda não consegui me organizar pra ir. A cor desse fervedouro do Alecrim é linda demais! O do Buritizinho também é incrível! Deve ser uma viagem realmente apaixonante!

    • Viajante Comum
      outubro 16, 2017

      Foi realmente encantadora! Torcendo para que você vá em breve também! Beijos!

  • Flávia Donohoe
    outubro 14, 2017

    Que paraíso é esse, além de toda a natureza exuberante o local ainda é ponto de encontro de vários viajantes, quero muito conhecer!

  • Ana
    outubro 14, 2017

    Sou louca para conhecer o Jalapao, e agora com as suas dicas vai ficar mais facil ainda. Quero muito mergulhar no Fervedouro. Adorei as fotos.

  • Juliana Moreti
    outubro 14, 2017

    Adorei as dicas! Achava que seria mais fácil visitar esta micro região, mas pelo visto requer tempo e cuidado.
    As fotos deste lugar estão lindas! Parabèns!

  • Ruthia
    outubro 13, 2017

    Imagino que o chocalhar no 4×4 moeu um pouco o corpo (região bruta, não foi a expressão? bem adjectivado), mas com tantas cachoeiras para se refrescarem, a aventura deve ter sido fantástica. As fotos ficaram ótimas.
    Abraço

    P.S. Porquê que o Rio do Sono se chama assim?

  • Que ótimo esse roteiro! Adorei que tudo chama fervedouro lá. Bem adequado kkkkk

  • Alessandra Fratus
    outubro 13, 2017

    Muito legal! Tô louca pra conhecer o Jalapão. Vi algumas fotos no Insta de vcs e fiquei morrendo de vontade de enfrentar esse ‘Jalapão bruto’.

Comente aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!